Memórias afetivas iluminam a decoração

Unindo tesouros de família e investimentos acertados, esse apê ganhou novo brilho.

Foi quando os gatinhos castigaram de vez o sofá que a Vanessa decidiu que era hora de chamar o Buji ao seu apê. A designer queria deixar o espaço aconchegante, tendo sempre a vista suas memórias afetivas: lembranças dos amigos, família e de viagens.

tillandisia com suporte de vidro

tv na sala com prateleira e rack de cubos

Revitalização sem quebra-quebra e comprinhas acertadas

O apartamento é alugado, mas desde a visita inicial a cliente havia deixado claro que estava interessada em fazer alguns reparos na estrutura. Como trabalha em casa, ter um ambiente iluminado e arejado era essencial para tornar o ambiente um terreno fértil pra criatividade. O imóvel passou então por uma pintura extremamente bem executada que o deixou branco e com uma energia completamente diferente das paredes anteriores, que eram vermelhas. Todas as tomadas foram trocadas, assim como plafons e pendentes de luz, além disso a cliente investiu também em uma cortina do tipo rolô, que filtra a luz de maneira suave, e não faz tanto volume como uma cortina cujo tecido vá até o chão.

nichos de pinus com objetos vintage

almofadas geométricas

arranhador para gatos

Aproveitando que estávamos com a “mão na massa”, a cliente decidiu que era hora de adquirir alguns objetos que namorava pela internet. Almofadas geométricas da Tamtum, plantinha aérea da Domo Airplants, nichos de pinus da loja online Tadah! vieram então a somar nessa decoração. Nem mesmo os gatinhos foram esquecidos, e na esperança de que abandonem o hábito de arranhar o sofá – agora com nova tapeçaria e capa feita com tecido suede, que tem a trama mais fechada – a cliente adquiriu um lindo arranhador da marca Ron Ron.

Decorando com objetos de família

memória afetiva na decoração

radio licoreiras e caixinhas vintage na decoração

Desde a primeira conversa que tivemos estava claro que os objetos trazidos da casa dos pais ou herdados da avó tinham uma enorme importância para a cliente. Nascida em Minas Gerais, as memórias afetivas são grandes responsáveis por darem à Vanessa o carinho que ela precisa para se manter mais tranquila numa cidade agitada como São Paulo. Um espelho antigo e uma cadeira de balanço que recebeu palha nova, além de pequenos objetos como rádios, licoreiras e caixinhas, conferem ao apartamento um novo ritmo, como se por um momento fosse possível voltar aos tempos mais calmos das prosas de fim de tarde.

espelho de madeira antigo na decoração

cadeira de balanço na decoração

sala de jantar com efeito cimento queimado

Antigo e moderno na sala de jantar

Para delimitar o canto da sala de jantar optamos por uma pintura com o efeito concreto da marca Suvinil. As paredes ressaltaram com elegância os pendentes comprados numa loja de iluminação na Consolação, o espelho herdado da avó e a mesa, com a qual a moradora estava completamente feliz.

efeito cimento queimado pendentes modernos e flores

Hall de entrada e altar

Duas paixões da cliente são as ecobags que traz das viagens que faz e suas medalhas de corrida de rua. Era desejo antigo expor esses itens na sala sem que parecesse bagunçado. Para dar conta da tarefa de pendurar organizadamente tantos itens, indicamos o cabideiro Ange Tauari, da loja Cremme  – de madeira, grandão,  bonitão e … usado por nós na horizontal, ao contrário do planejado pela marca (ops!), ele abrigou todas as ecobags,  e em dias que a cliente for receber visitas ainda sobra espaço para bolsas, diminuindo a probabilidade de a mesa de jantar se tornar um porta-bolsas. E numa outra parede – que dá acesso aos quartos – fixamos um nicho de pinus da loja Tadah!, no qual os santinhos tem um lugar de destaque e zelam pela tranquilidade de todo o apartamento.

altar e santo antonio

À Vanessa querida, nossa cliente mais organizada e metódica de todas (rs), agradecemos pela confiança e carinho. E desejamos que o cuidado e o amor que colocamos nessas paredes encham seus dias de conforto e alegria.

Fotos: Flare Fotografia